TZ Niory - шаблон joomla Joomla
Loading...

GOVERNADOR ALCKMIN FALOU EM CAMPINAS SOBRE A FALTA DE EFETIVO E A NÃO REPOSIÇÃO NOS SALÁRIOS

O presidente da FEIPOL SUDESTE, Aparecido Lima de Carvalho, o Kiko, esteve, na manhã desta terça-feira, 14/2, em evento com a presença do governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), onde falou dos mais graves problemas que atingem a Polícia Civil Paulista, que são a falta de efetivo e a não reposição salarial, prevista na Constituição, mas que o Governo Estadual não  concede para a categoria desde 2014.

Com exclusividade, o governador gravou vídeo à FEIPOL SUDESTE onde reconhece a falta de efetivo, que está sendo ainda mais agravada com mais de 1.800 pedidos de aposentadorias (que devem sair no prazo de três meses). O presidente da FEIPOL SUDESTE falou ao governador que isso pode acarretar fechamentos de Delegacia.  O governador expôs os planos do Governo frente à situação, dizendo que deve chamar remanescentes aprovados dos Concursos de 2013.

Já na entrevista coletiva para a imprensa da região de Campinas, o governador falou dos  problemas no orçamento do Estado, motivados pelo que ele disse ser a maior crise dos últimos 100 anos no país. O governador  disse que está monitorando a situação e está atento em relação aos Servidores Públicos na buscar de soluções para a reposição salarial.

Em Campinas, o governador, acompanhado do secretário estadual de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, descerrou as placas das 1ª e 2ª Delegacias de Defesa da Mulher de Campinas (DDMs), ambas já em operação.

No evento principal, ocorrido na Cidade Universitária, em Barão Geraldo, foi  inaugurado o Serviço de Hidroterapia do Programa de Reabilitação em Câncer da Rede Lucy Montoro, em comemoração ao Dia Internacional de Luta contra o Câncer Infantil. O investimento é de R$ 16 milhões.

Também houve lançamentos dos Editais do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para as instalações de novas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) em Campinas, Cosmópolis,  Sumaré,  Paulínia, Santa Bárbara D'Oeste, Hortolândia e Indaiatuba.

O Governador Alckmin fala com exclusividade a Feipol Sudeste sobre falta de efetivo na polícia civil.  Clique aqui para ver o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=ty7k5lFPC88

Em entrevista coletiva, o Governador Alckmin fala da crise econômica e busca solução para o atraso de três anos na reposição salarial. Clique aqui para ver o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=odmLmve0PAw                                             

Os readaptados que foram atingidos pela UCRH n°4 de 04/02/2016, que regulamenta o pagamento do adicional de insalubridade, podem procurar o nosso departamento jurídico para orientação e eventuais providencias judiciais.

A Diretoria

Aos associados que possuem Unimed através deste Sindicato, informamos que o reajuste anual foi de 15%, caso haja interesse em cancelar favor comparecer no Sinpol até o dia 21/12/2016 para que o valor novo não seja cobrado no mês de Janeiro de 2017.


Atenciosamente
A Diretoria

A partir de 03/01 à 19/01/2017 estarão abertas as inclusões para o plano de saúde Unimed com início 01/02/2017, os interessados favor comparecer neste Sindicato munidos de documentos tais como:
- RG
- CPF
- Comprovante de Residência
- Ultimo Holerith
- Certidão de casamento (se for incluir cônjuge) e certidão de nascimento ou RG (inclusão de filhos).

Atenciosamente
A Diretoria

CONTRA A PEC 287 DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

Policiais Civis brasileiros, de todas as carreiras, protestaram nas capitais, nesta quarta-feira, 7 de dezembro, contra a PEC 287/16, da Previdência Social, que pode lhes tirar direitos adquiridos, como é o caso da Aposentadoria Especial por exercerem profissão arriscada.

A maior concentração da categoria aconteceu na frente da rampa da Alesp, onde entidades nacionais e interestaduais da categoria, organizadas pela FEIPOL SUDESTE, reuniram pelo menos 700 policiais, entre investigadores, escrivães, delegados e peritos.

O grupo contou com apoio de agentes e delegados da Polícia Federal, categoria que também pode ficar prejudicada se a PEC 287 for aprovada mantendo tais policiais na categoria de servidores públicos como os demais que não trabalham em condições de riscos.

O presidente da FEIPOL SUDESTE, Aparecido Lima de Carvalho, o Kiko, que na segunda-feira (5/12) esteve em reunião com o deputado Campos Machado (PTB), quando externou a preocupação da categoria e recebeu apoio do parlamentar, falou aos presentes que a hora é de união, que os Policiais Civis ( e os Federais) não podem ser colocados na chamada “vala comum”  previdenciária, sob risco de extinção da  Polícia Judiciária, que é responsável  pelas investigações.

Na Alesp, os manifestantes receberam apoio dos deputados Delegado Olim (PP) e Professor Carlos Giannazi (Psol).  Os policiais fizeram um ato na rampa da Alesp, que prosseguiu no auditório Franco Montoro, na mesma Casa.

Os primeiros efeitos dos protestos foram verificados em Brasília, onde uma comissão de deputados federais reuniu-se com o Ministro da Justiça, Alexandre Moraes. A intenção é buscar audiência com o ministro da Previdência, Marcelo Caetano para que nem  Policiais Civis ou Federais percam direitos a Aposentadoria Especial, como quer a atual redação da PEC 287.

R.Visconde do Rio Branco,374

( + 15 ) 3202 2344

( + 15 ) 3321 2996

faleconosco@sinpolsorocaba.com.br

Loading...